sábado, 10 de julho de 2010

Alta Sociedade de Sarah Mason


Foi com tristeza que terminei o ultimo livro traduzido da autora inglesa Sarah Mason pela Editora Betrand Brasil (há apenas um inédito em português chamado Sea Fever). Mas como vocês podem imaginar não foi a tristeza de terminar um livro de forma decepcionada,  e sim de terminar de ler um livro perfeito e saber que você não tem mais nada da autora para ler até conseguir importar o tal inédito.

Se vocês não conhecem Sarah pelo nome provavelmente já ouviram falar de algum dos seus livros, A vida é uma Festa  e - principalmente- Um Amor de Detetive. Recentemente resenhei Um amor de Detetive no Lost, e como a maioria das fãs de chick lit, também cai de amores pela história de Holly e James num dos mistery lit's mais famosos (e idolatrados) que já foram publicados  na nossa terrinha. 



E como Alta Sociedade conta a história de Clemmie, a irmã da nossa desastrada jornalista de  Um Amor de Detetive ( um título que gosto muito, apesar de também adorar o original "Playing James") tive que me segurar para não emendar uma leitura na outra. 

Clemmie acabou de voltar de  uma longa viagem que fez ao redor do mundo, resultado do final de  relacionamento com Seth, um avaliador de obras de artes canalha com quem ela trabalhava.  Clemmie  retorna a amalucada casa da família Colshannon (que me lembra muito outra família adorável, os Walsh da  Marian Keyes) na Cornualha.  Desta vez somos apresentados para Barney, o irmão gato  e surfista,  e Sam o quase irmão e melhor amigo de Barney (que orfão, tomou essa família amalucada como seu  segundo lar durante os chatos anos que  viveu com sua tia), tudo isso aliado à hilária Sorrel ( a mãe artista) , o pai quase sempre coadjuvante, Normam (a gaivota)  e Morgam (o cachorro).

A emoção recomeça quando Holly (sim, a nossa querida protagonista  de Um Amor de Detetive aparece de montão na história) faz uma visita à casa dos pais na Cornualha e decide levar Clemmie para passar alguns dias com ela em Bristol. Holly anda impaciente a procura de um novo furo jornalístico que seja mais bombástico do que seu diário policial na qual conheceu o sensual e carrancudo (pelo menos a principio) James.  Quando sua companheira de trabalho Emma, a socialite responsável pela seção de fofocas e famosos, meio que desaparece sem deixar vestígios, uma luzinha acende na mente perspicaz de Holly. 

Holy, como toda irmã mais nova tem aquela capacidade extrema de convencer a irmã mais velha de fazer coisas absurdas, tal como ajuda-la na investigação do desaparecimento de Emma, cuja uma história de paixão proibida com um professor do proletariado pode ser a principal razão do sumiço repentino.  Aparentemente seu pai advogado criminalista famoso estaria supostamente sequestrando a própria filha para impedir este casamento nada vantajoso.

Entre indas e vindas nas investigações fantásticas nos abastecemos de cenas comicas com a rotina prá lá de estranha dos Colshannon, principalmente quando se trata das peripercias de Normal ou das briguinhas infantis entre Clemmie e Sam, o nosso gostosão da vez. 
Sam muito diferente de James, é um cara super legal e simpático que no momento namora Charlote, uma atuaria ( e sabe se lá o que é isso, se alguém souber explica pra Clemmie, ela vai ficar muito feliz). O estranho sotaque de Charlote causa uma verdadeira reação em cadeia na casa dessa família adorável. Sorrel  fica mais estranha e teatral do que é normalmente, mas isso não se compara ao ciume velado (e muito menos admitido) que Clemmie sente pela moça. Ela faz  Charlote sofrer maus bocados (digamos relacionado aos seu medo por aves, principalmente Normam).

Os livros da Sarah sempre me deixam com um sorriso no rosto e Alta Sociedade não foi diferente. Ele é tão bom quanto o premiado Um Amor de Detetive e superior ao adorável A vida é uma Festa. Para aquelas que gostam de um bom humor britânico, Sarah Mason é simplesmente um prato cheio.  Alias,  acredito que até hoje não me decepcionei profundamente com nenhum chick lit da Grã Bretanha.

Clemmie é uma protagonista divertida, que apesar dos problemas sem resolução na sua vida, tanto amorosa quanto profissional, não é daquelas chatinhas que fica reclamando o tempo todo, o que sem duvida é um ponto positivo pra ela. Sam, por sua conta, também é um fofo, e apesar de inicialmente  Clemmie não admitir que gosta do rapaz, as faíscas  que preenchem o ambiente quando os dois estão juntos é simplesmente  irrevogável. Alias, uma das coisas mais fofas do livro é aquele relacionamento meio estranho entre os dois, bem tipico de  pré-adolescente que pegam no é um do outro e tentam não manter um contato físico que persistiu aos anos da pós-adolescência.

Apenas não sou fã do título original nem da sua respectiva tradução, porque eles tentam passar  a impressão do livro ser algo que não é. A temática  da "alta sociedade" até existe, mas muito sutilmente e felizmente o livro não é repleto daquelas bobageiras que a high society pode, às vezes, ter. 
Também não sou fã  da arte grafica -alias de nenhum dos 3 livros da Sarah Mason lançados no Brasil-, mas neste em especial a escolha das cores simplesmente me agonia.  O que é esse tom de marrom (inominável, se é que me entendem) que foi escolhido? Gente do céu, não pode ter sido de proposito! Talvez eu deva sugerir uma nova artista gráfica para a Betrand, ela se chama Mariana Steffens ( que by the way é aloka minha irmã) =x

De resto, Alta Sociedade é um mistery lit super divertido assim como Um amor de Detetive.  Daquele tipo em que devoro em uma sentada (como foi).  Um livro  simplesmente perfeito,  com humor, romance e suspense  na medida certa.  
Não costumo cometar muito sobre a tradução, mas gostei desta feita pela Maura Paoletti, que também traduziu A vida é uma festa.  Sou daquelas que acha que quanto menos pensamos na tradução ( ou no que seria  a frase no original) durante a leitura melhor foi o trabalho do tradutor. Uma tradução bem feita é aquela que você pensa que está lendo algo em seu original, com a aquela fluides natural, sabe?  Ou será que estou viajando?

Mal posso esperar para ler Sea Fever, o que me lembra que preciso perguntar para a Editora se eles tem intenção de lançar no Brasil.  Alias, morro de curiosidade para saber porque ela não escreve nada novo desde 2007!

Alta Sociedade
Sarah Mason
Editora Bertrand Brasil
319 páginas
ISBN: 85-286-1213-9




Ps: Não sei se vocês notaram, mas desde ontem o Lost passou a "abrigar" dois grandes banners de publicidades. Quem acompanha o lost sabe que há mais de um mês venho comentando que estava para adiciona-las. E depois de uma série de mudanças no layout,  ontem finalmente adicionei as tags da minha parceria com o maior portal feminino da América latina: o Bolsa de Mulher.
O que isso quer dizer? Além de uma publicidade sempre relevante para o público feminino, toda vez que vocês atualizam o Lost ou clicam nos banners vocês estarão colaborando com o crescimento desde cantinho literário. 

22 comentários:

  1. Sarah Mason é top favourite!
    Adoro todos os livros dela também!
    Esse é o único que não tenho na minha estante, apesar de já ter lido, mas estou prestes a consegui-lo numa troca do skoob! :D

    Adorei sua resenha, muito!

    ResponderExcluir
  2. Julianna, amei a resenha. Como tinha dito no meu comentário anterior a história é tão legal...só que eu não gostei dessa capa sério me dá um mega medo, com essas cabeçonas. kkk

    ResponderExcluir
  3. Ju, acredita que faz séculos que eu tenho esse livro e ainda não li? Tô com vergonha de mim agora hihihi. Mas só ir de férias pra casa que vou lê-lo de certeeeza! \o/
    Beijoos :**

    ResponderExcluir
  4. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo


    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  5. Eu ja li um amor de detetive gostei bastante
    ja sabia de alta sociedade, só q estava querendo ler uma resenha sua
    (adoro suas dicas se realmente vale a pena ler) para poder pensar em comprar o meu nééh :D
    bjus

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada dela, mas como adoro livros britânicos fiquei com vontade de conhecer!
    Ih Ju,sou mais implicante com a tradução que você, então, pq eu detesto coisas mal-traduzidas, e já sei na hora que estpu lendo se o tradutor é bom ou não! Acho que é por que faço Letras Inglês...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Sou louca pra ler Um Amor de Detetive há muito tempo. Quando vc o resenhou, fiquei mais louca ainda...
    Agora que sei que a Holly aparece bastante em Alta Sociedade, fiquei com mais vontade ainda de ler! Julianna, sua resenha ficou ótima! (sério que vc não gosta das capas? Eu não acho das piores, sério. Tudo bem que ainda não tive a oportunidade de vê-las ao vivo, mas elas não me parecem das piores... ^^)

    Beeijo! ;3

    ResponderExcluir
  8. Esse é o livro da Sarah que me falta ler! Me deixou com muita vontade, Ju! Isso não se faz. HAHA

    ResponderExcluir
  9. Ainda não consegui ler nada dela, mas a cada resenha que leio mais vontade me dá. rs

    ResponderExcluir
  10. Tenho a maior curiosidade com esse Um Amor de Detetive, mas nunca consegui ler. Parece divertido e se bem conheço essa fórmula, um pouquinho sem noção, hahaha ;)

    ResponderExcluir
  11. Julianna, adorei sua resenha!!!
    Eu só li Um Amor de Detetive e fiquei apaixonada pela Holly e, principalmente, pelo James!
    Preciso ler esse e A Vida é Uma Festa, logo!!!
    Engraçado, eu adoro as capas... O que me chamou a atenção pra comprar Um Amor de Detetive foi justamente ela! rs
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho este livro em e-book e ainda não li de tanta coisa que tenho na fila esperando, mas não termino o ano sem ler este.....rsrs.
    Beijão
    http://leituraspontocom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Os livros da Sarah são perfeitos, não é?
    Ela tem um dom para criar personagens adoráveis. E vc tem razão, os Colshannon estão ao lado dos Walsh como famílias excentricas que amamos!!!
    Gosto muito dos livros dela, mas o meu preferido continua sendo o Um Amor de Detetive.
    Só mais uma coisa, obrigada por me lembrar que ainda tem um livro dela não publicado aqui... tinha abafado essa informação pra não ficar me coçando pra importar o livro.. rsss
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Nem me fala Cacá! to morrendo de vontade de importar =x Vicio vicio do capeta

    ResponderExcluir
  15. Adorei Um Amor de Detetive e quero muito ler os outros 2. As capas são bem feinhas mesmo mas a de Um amor de detetive é a "menos pior"!
    Quando vc descobrir quando lança Sea Fever avise, estou curiosa!

    ResponderExcluir
  16. Eu fiz tudo errado e li Alta sociedade antes de um Amor de detetive, depois tive que reler pra ver Holly e James ( ahh James *_* ) novamente, muito bom mesmo!!

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li nada dessa autora mas já estou com dois livros dela aqui!! Só falta ter tempo para ler tudo!! hehehe
    Adorei a dica!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Só a capa desse livro já me dá vontade de ler, parece muito divertido.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Comecei a ler esse livro e vou parar, agora que li que tem um antes... Não tive coragem de ler o resto de seu post pra não perder a graça. VOu tentar ler primeiro um amor de detetive pra n ficar sem graça!!

    ResponderExcluir
  20. Oi Juliana!
    Meu nome é Patricia e sou simplesmente viciada em chick lit! Acompanho seu blog já há um bom tempo e já aproveitei muitas das suas dicas!!
    Li em um site que a Bertrand Brasil iria lançar o livro Veleiros ao Mar da Sarah Mason em setembro de 2012, Tem até a capa do livro no site, mas não acho esse livro em nenhum lugar... será que essa notícia é verdadeira??
    link: http://livrosecitacoes.com/noticia-de-livros-mais-um-livro-de-sarah-mason-no-brasil/
    Vc tem alguma fonte confiável sobre isso?? rs....

    ResponderExcluir
  21. Olá Juliana!
    Meu nome é Patricia e vi nesse site (http://livrosecitacoes.com/noticia-de-livros-mais-um-livro-de-sarah-mason-no-brasil/) que a Bertrand Brasil lançou o livreo Veleiros ao Mar da Sarah Mason em setembro de 2012, mas não acho esse livro em nenhum lugar... isso realmente é verdade???

    ResponderExcluir
  22. Olá Juliana!
    Meu nome é Patricia e vi nesse site (http://livrosecitacoes.com/noticia-de-livros-mais-um-livro-de-sarah-mason-no-brasil/) que a Bertrand Brasil lançou o livro Veleiros ao Mar da Sarah Mason em setembro de 2012, mas não acho esse livro em nenhum lugar... isso realmente é verdade???

    ResponderExcluir

Um lugar para se discutir sobre a literatura conhecida como Chick–Lit. Romances, leves, divertidos e charmosos, que são o retrato da mulher moderna,inteligente e audaciosa. Resenhas e entrevistas exclusivas!


Regras
- Comentários Anônimos não serão publicados nem respondidos.
- Não faça propaganda de blogs/sites nos comentários.
- Não peça parcerias pelos comentários, use o Formulário.
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Respostas sempre nos próprios comentários.

Os comentários dos leitores não refletem a opinião da autora do blog, e são de responsabilidade exclusiva dos mesmos.