terça-feira, 16 de março de 2010

Intimo e Perigoso de Linda Howard

Recebi ontem o lançamento da Bertrand Brasil, Íntimo e Perigoso, da autora Linda Howard, e por causa de sua capa linda comecei uma leitura despretensiosa das primeiras páginas do livro. Como sabem normalmente faço isso, e quando um livro me prende  logo de inicio acabo jogado para o ar toda a minha santa lista de leituras ( isso vem se tornando recorrente, vocês tem percebido?).
O que era para ser  no máximo a leitura do primeiro capitulo, se tornou em  dois, três, quatro, e quando vi, já não conseguia mais largar. Comecei o livro passando pouco depois das duas e terminei antes da meia noite ( com intervalos saudáveis, gals). Esse tipo de romance não faz parte da  minha "rotina literária", e como vocês podem perceber não é algo que  eu resenhe normalmente no Lost, mas é isso que me fez ficar fascinada sabe?
As vezes nada melhor do que sair da rotina!
Linda Howard é uma autora bastante conhecida, principalmente pelas fãs de romance de banca,  ela mescla suspense  com  romance  pra lá de sexy.  Aconselho a quem queira saber mais sobre ela, dar uma visitada no Blog da Tonks, o Romances em Pink, lá  tem resenha de quase todos os livros da Linda.
A história gira em torno de Bailey, a viúva responsável  por um fundo fiduciário milionário  e que  administra a  mesada  dos dois filhos inconsequentes do seu  falecido marido. Bailey era muito mais jovem que o marido e aceitou casar com ele por motivos puramente financeiros, fazendo parte de um acordo que precavia a ação dos filhos cabeça-ocas após a morte de Jim. Obviamente os tais filhos, Seth e Tamzin, odeiam a madrasta, e fazem de tudo para maltratá-la. 
Mas todo esse trabalho tem suas compensações, entre eles uma boa vida  e regalias como viagem em jatinhos fretados.  Bailye decide sair  de ferias com seu umão e cunhada e para isso precisará  dos serviços da J&L Transporte Aéreo  para chegar a Denver, onde  praticará Rafting.
Bailey é uma mulher que dá aquela noção de segurança, austera e compenetrada, sem muita conversa ou riso fácil.  E por isso não vai nenhum um pouquinho com a cara do Capitão Cam Justice, por sua vez também muito serio e compenetrado, que veio a substituir o piloto Bret com a qual sempre viajava.
Como deu para perceber, a primeira vista os dois não foram muito com a cara um do outro. Mas isso vai mudar completamente depois que o avião que Cam pilota é sabotado e eles sofrem um sério acidente  no sopé das montanhas rochosas. Cam faz tudo que pode para diminui o impacto da queda, e os dois sobrevivem  com graves ferimentos. Justice apresenta um corte profundo  na testa, e coube a Bailey retira-lo inconsciente e trata-lo fora dos destroços. Mas realizar isso no ar rarefeito, com a montanha cheia de neve e temperatura abaixo de zero, não é nada fácil!. Com instinto apurado, coragem e força de vontade Bailey torna possível a sobrevivência dos dois ao primeiro dia da tragedia e com a melhora de Cam nos dias seguintes eles transformam cada dia numa batalha pela sobrevivencia.
E para isso compartilhar o calor entre seus corpos era imprescindível  Uma intimidade vai surgindo naturalmente e se transformando rapidamente em  desejo! Como essas duas pessoas acostumadas a afastar  o irracional sentinmento chamado amor, conseguirão se desfazer da armadura que as impedem de se entregar?

Não tenho muita base para falar deste gênero, mas sei  o que me prende, e este lançamento  fez mais do que isso. Parecia que minha mão estava presa com superbond na capa do livro!
A temática da esposa "troféu"  de Bailey me lembrou muito a da Faith de  True Love and Others Disasters, da Rachel Gibson. Mas como a duas personagens são bem construídas, não cabe a mim fazer comparações. 
No mais, suspense e romance mesclados de uma forma totalmente sedutora.
Com um final surpreendente - Uma capa de arrasar   - E cenas pra lá de calientes! 
Totalmente : Uma surpresa super agradável!



17 comentários:

  1. Muiito linda a capa mesmo. E a história parece ser beeem interessante.

    ResponderExcluir
  2. Julianna, amei tua resenha fiquei impressionada com o que acontece na história, muito legal ne?
    acidente, amor..e opaaaaaa desejos.
    Fiquei muito interrsada em ler o livro!
    Mega anciosa para ler esse livro. aiaiaiaia
    Meu coração até faz tumtumtutmtum.
    Há eu ia falar isso que percebi que ela parecia com a Faith!
    amei*
    P.s: Chique de doer*

    ResponderExcluir
  3. Pra mim isso tem um quê de "Sabrina" e "Bianca" feelings (esses ainda existem???), e não é exatamente o tipo de livros que eu goste. Mas sei muito bem o que é ficar com as mãos coladas e não conseguir largar de jeito nenhum, isso acontecia com a minha pessoa com os livros de Sydney Sheldon.

    Bjosss

    ResponderExcluir
  4. gosto muito dos livros da Linda e estou doida para ler esse também .**

    ResponderExcluir
  5. ha! gostou do gênero.
    Ju, parabes pelas conquistas.. tava corrido, nem deu pra comentar.
    Blog com url definiitiva, cruzes, que vida.
    www.ninamag.blogspot.com
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ju!

    Nunca li nada dessa autora. Adorei a resenha!

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Julianna Steffens, eu me assusto com você... tu lê muuuuuuito rápido! Adorei a resenha, estou começando a me interessar pelo livro, afinal tenho visto tantos elogios! :D

    xxx
    Ana

    ResponderExcluir
  8. Romances assim não conseguem me chamar a atenção... :s

    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Eu li alguns livros da Linda, mas não fazem parte do tipo de leitura que eu mais gosto...
    Esse parece ter um enredo legal... e a resenha foi ótima...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  10. olá fiz um selinho exclusivo para os blogs que admiro o seu e um deles passa la..

    borboletas no jardim..

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Amei a resenha, já li um livro da Linda e gostei bastante... vai pra lista! ^^

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Ei Ju,
    Estou doida para ler um livro da autora, mas ainda não deu para comprar. A empolgação das resenhas minha deixa muito curiosa :)
    Quem sabe eu não ganhe a promo da Nati e leia logo a coleção inteira aiai rs

    bjooo

    ResponderExcluir
  13. Oie.. tem selinho pra vc no meu blog! Bjokas!

    ResponderExcluir
  14. Ai, agora eu to louca pra ler esse tbm!!! Suas resenhas deixam a gente com vontade de ler tudo!!rs

    Beijos

    Laura

    ResponderExcluir
  15. Aiii Ju!
    Adooorei sua resenha, adorei a história do livro, adorei a capa, enfim, adorei tudo! hauhauhauhauha :)
    Nunca li nada dela, mas eu adoro livros desse estilo! *___*
    hahahaha
    Vou colocar na minha lista! :)))
    beijos!

    ResponderExcluir
  16. Muito bom mesmo sua resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  17. Eu também não posso pegar um livro achando que vou ler 'só o primeiro capítulo'. Quando eu quero muito ler e não posso costumo pegar, olhar a capa, ler um pedacinho no meio (o que nem sempre é uma boa idéia), mas ler o início nunca. Se fizer isso, é perigoso eu ler trinta livros ao mesmo tempo, rs.

    Já vi vários livros dessa autora nas livraria e na net, mas não me chamaram a atenção.

    Bjs

    ResponderExcluir

Um lugar para se discutir sobre a literatura conhecida como Chick–Lit. Romances, leves, divertidos e charmosos, que são o retrato da mulher moderna,inteligente e audaciosa. Resenhas e entrevistas exclusivas!


Regras
- Comentários Anônimos não serão publicados nem respondidos.
- Não faça propaganda de blogs/sites nos comentários.
- Não peça parcerias pelos comentários, use o Formulário.
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Respostas sempre nos próprios comentários.

Os comentários dos leitores não refletem a opinião da autora do blog, e são de responsabilidade exclusiva dos mesmos.