sábado, 11 de agosto de 2012

Tempest de Julie Cross



Tempest
Julie Cross
Editora: Jangada
Páginas: 366
ISBN: 9788564850095
Onde Comprar:
 Cultura | Book Depository
Fiquei muito templo refletindo e vasculhando minha memoria de peixe beta para poder dizer a vocês: Tempest, da autora Julie Cross lançado aqui no Brasil pela Editora Jangada, é o primeiro livro cuja temática central é viagem no tempo que eu já li. O que é uma surpresa até para mim, fã de carteirinha de sci-fi, tanto literário quanto cinematográfico. Eu sei que quase todas vocês ja viram as minhas fotos da Audrey Niffenegger autografando meu A mulher Viajante no Tempo, mas eu ainda não o li ( funny procrastination fact). Eu também sei que quase todas vocês  sabem que uma das minhas series favoritas é O guia dos Mochileiro das Galaxias do Douglas Adams, que por sua vez possui sua cota de viagem no tempo, mas cujo tema central não pode ser descrito como tal. Don't Panic! Se você não sabia nada disso ( e nem tem interesse de saber, diga-se de passagem), não tem importância mas eu simplesmente não podia começar essa resenha sem enfatizar minha completa perplexidade sobre esse fato aleatório.

Pausa para dica aleatória do meu eu presente sobre series chicklitianas de viagem no tempo: (must see) Being Erica. Volte no tempo e leia a postagem do meu eu passado sobre essa serie de tv canadense MARA /aloka
Mas vamos ao que interessa... 

Tempest conta a historia de Jackson Meyer,  um universitário que viaja no tempo. Yes, that's cool right? Mas se eu dizer que apesar dele poder voltar no tempo ele não consegue alterar o passado?  Continua sendo divertido, não é? E até muito mais descompromissado, tirando o fato que ele vê sua namorada levando um tiro por estranhos que invadem o quarto da garota a sua procura,  e  de que  tem quase certeza que seu pai seja membro de uma organização secreta ( possivelmente da CIA).  Como será possível ele alterar o seu  o destino e salvar Holly, entender a sua história, e descobrir porque ele virou essa "aberração" enquanto sua irmã gêmea faleceu com câncer no cérebro?  Tempest é uma história repleta de reviravoltas, e a minha dica é ficar longe da orelha do livro, que na minha humilde opinião revela um pouquinho  a mais do que uma sinopse deveria revelar. Leia sem medo, mas preparado para grandes emoções.

"Esqueçam tudo que você já ouviu sobre viagem no tempo".  Diz Jackson Mayer em certa altura de Tempest, e eu não poderia encontrar frase que melhor descreva a mitologia nota dez de Julie Cross. Eu poderia passar a metade da resenha explicando os saltos no tempo, os meio saltos, a base, as mudança de base e outros diversos conceitos super bem estruturados da narrativa, mas por hora basta  vocês saberem que é simplesmente a melhor mitologia dentre as minhas leituras fantásticas do ano. Julie soube na medida certa criar uma mitologia diferente, complexa e detalhada e - o mais importante - soube fragmentá-la e desenvolvê-la durante a narrativa sem em nenhum momento, nem por um segundo, deixar o livro cansativo devido ao excesso de explicação, muito comum em livros do gênero, principalmente em início de series, como é o caso. 

Outra coisa que me deixa vibrando é o fato do narrador ser um garoto. Yep! Não sejamos preconceituosas garotas, mas é fato consolidado que muito mais que 50% da literatura jovem adulto é narrada por garotas. E não há nenhum problema nisso, eu adoro, vocês adoram, todas nós adoramos, mas e os garotos o que acham?  Alias garotos, me digam- mesmo- o que vocês acham sobre o assunto? Eu simplesmente adoro essa inversão de papeis, porque gosto de ver o mundo (mesmo que ficcional) pela perspectiva masculina, independente da temática, sendo que um narrador fofo como o Jackson é um bônus simplesmente apaixonante! E em Tempest, fofurisse nerd, não  está presente apenas no protagonista, levante as mãos quem sempre se apaixona pelo carinha nerd secundário (o/ o/ o/), neste caso o inteligentíssimo do Adam.  E Holly,  a principal personagem do sexo feminino e  ponto chave da história, por sua  vez tem milhões de pontos positivos por ser uma garota legal, em todas as suas versões temporais.

Mas isso tudo é fichinha em comparação ao turbilhão de emoções que é Tempest. Eu não conseguia colocar o livro de lado, pois a narrativa é pá-pum-pá-pum ( sim, estou usando uma aliteração para você ver o nível da empolgação). Você não tem tempo de respirar entre uma página e outra, tamanha a aventura que é a história.  Com certeza vocês vão sofrer da síndrome "eu não consigo virar as paginas rápido o suficiente muito menos largar este livro até terminar". Eita agilidade, Dona Julie Cross! Só não vale viajar no tempo e pular para as ultimas paginas, tentando descobrir o final. Não adianta nadica de nada, porque /shame, eu tentei!

Uma salva para a autora que arrasou no seu debut. E uma salva para a Editora Jangada por trazer esse livro que me passou completamente despercebido durante minhas pesquisas internacionais. Amei-amei cada santo detalhe ( inclusive a diagramação), e mal posso esperar pelo lançamento de Vortex, que só vai ser lançado lá nos EUA em janeiro de 2013 /chora!


E agora se vocês me permitem, vou encerrar essa postagem com uma historinha. Estou aqui hoje escrevendo essa resenha no horário da minha soneca pós-escravidão (aka trabalho) de sábado pois fui persuadida, ou melhor coagida, por minhas melhores amigas (aka Denise e Bruna) a tomar tenência na vida e voltar a fazer o que eu realmente gosto de fazer, no intuito de parar de reclamar da minha vidinha medíocre. Isso porque tecnicamente nem elas e nem eu aguentam minhas desculpas  a procrastinação rotineira e falta de foco ( sim a sinceridade abateu minha pessoa e estou detalhando essas coisas paras vocês,  pois então). O nível da coação beira a chantagem, e como o blackmail vale a companhia da minha parceira no crime na festa de hoje. Estou aqui abdicando das horas necessárias de sono, ganhando olheiras de panda, mas especialmente a companhia da supra citada Bruna. Vocês não acham mais do que justo? Agora não tem jeito my friend, Barbiekill tonight baby! 

Se você achar que a história compartilhada for uma perda de tempo faça o favor de voltar a quantidade de tempo necessária para você ler esse paragrafo, porque enfim, essa sou eu. 
Julianna Stefens, sábado, 11 de agosto de 2012, 15:51, orversharing com orgulho.


Ps: Fiquei de olho que amanha ou segunda vai rolar Promo relâmpago de dois chaveiros lindos de Tempest!


38 comentários:

  1. Espero que isso seja um sinal de novos tempos!!!
    Amei a resenha, Juju!!

    ResponderExcluir
  2. Oh deus, e eu me ferrei né? Fextinhaaa hahah
    A resenha ta linda, quero muito ler Tempest! E ganhar chaveirinhooos hehe
    Bjbj

    ResponderExcluir
  3. Seus textos são ótimos, o problema que você não posta com frequência, deixando a gente no vaco.

    Livros narrados pela perspectiva masculina é algo raro nos livros que leio, mas é muito bom (vide: Percy Jackson).

    Depois desta resenha fiquei interessado neste livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou tentando voltar ao ritmo Jesimiel! Por isso levei uma bronca =x

      Excluir
    2. Espero que você consiga voltar no ritmo e tenhamos muitas postagens suas, toda semana.

      Excluir
  4. Parece ótimo o livro mesmo. Eu também curto o tema.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Quase morri quando você mencionou Being Erica! ESSA É A MINHA SÉRIE PREFERIDA DE TODOS OS TEMPOS! E é tão boa que fico puta quando vejo tanta coisa ruim fazendo sucesso enquanto essa beleza televisiva anda desconhecida. AS PESSOAS PRECISAM CONHECER BEING ERICA! E fiquei tão triste quando acabou :( Estou pensando em ver tudo de novo. Preciso de alguns conselhos do Dr. Tom rs

    Sobre a resenha: parece ser um bom livro pra fugir um pouco da vampirada. Tenho até vergonha de estar estagnada nesse tema. E realmente, não lembro de ter visto nenhuma sinopse sobre viagem no tempo. Mas mesmo depois de tudo isso, não sei porquê, Tempest não me instigou. De qualquer forma, se alguém por acaso me der de presente, venho aqui te dizer se eu estava errada.

    Beijão!
    http://www.vireapagina.com

    ResponderExcluir
  6. Nossa deve ser ótimo mesmo, mas é um saco quando demora a lançar o próximo livro e você na maior expectativa.. Quero ler o livro estilhaça-me já leu? Mas por outro lado estou bem receosa já que ainda não lançou a sequência e sei que ficarei curiosa demais para esperar haha. Enfim, gostei da resenha, do blog e estou esperando pelos chaveirinhos *-*
    Dá uma olhada lá, apesar de não ser apenas sobre livros e de estar começando agora, sou uma viciada em leitura, e já tem resenha por lá.. no marcador "Nosso hobby s2". Obrigada, beeijo!

    ResponderExcluir
  7. eu totalmente amei esse livro! Mal posso esperar pela sequência (vortex, se eu não me engano) que sai ano que vem.
    E agora estou com vontade de assistir Being Erica, mas vi que já acabou/foi cancelada... Talvez nas férias de dezembro eu assista, ha.
    Você já assistiu doctor who? É um clássico da viagem ao tempo haha Eu só assisti o new who e alguns poucos episódios do classic who, mas é uma das minhas séries preferidas (se você for começar a assistir, não julgue pelos primeiros episódios e os efeitos especiais lame)

    ResponderExcluir
  8. A resenha ficou muito legal!!!!!
    Eu quero muito ler esse livro!!!!

    ResponderExcluir
  9. Viagem no tempo? cara, que barato! Nunca li nenhum livro sobre o assunto. Tinha escutado falar sobre esse livro, mas não sabia que era uma série. Também gosto mais da perspectiva masculina em livro, é mais legal. A capa é linda! Quero muito ler o livro :D

    ResponderExcluir
  10. Nossa... curti muito, pelo jeito deve ser muito bom, este livro. Sou louca por livros, e sinceramente achei muito interessante. Parabéns pelo blog de qualidade, pelas resenhas ótimas.
    Beijos, flor!

    ResponderExcluir
  11. Simplesmente maravilhosa sua resenha. Eu estou de olho em Tempest desde o debut dele no USA. Tinha pegado o nome dele na lista que Kristi do The Story Siren fez dos livros debut pro DAC 2012. E com a sua resenha agora eu estou com ainda mais vontade de ler (pena que a grana anda curta, mas talvez essa semana eu resolvo este problema, bora trabalhar). Sobre o fato de o livro ser escrito do ponto de vista de um garoto, acho que sempre é bom variar mesmo que algo já seja meio que "tradicional". Parabéns por mais essa resenha maravilhosa, como sempre você faz super bem o que gosta de fazer.

    ResponderExcluir
  12. Tem um tempinho já que esse livro tá entre meus desejados. Tinha visto ele na Saraiva e é bem maior do que eu tava esperando. A história super parece roteiro de filme né? Adoro. O problema é ter que esperar pela sequencia e tal. Ganhei dois chaveiros do livro na promo do Facebook *-*

    ResponderExcluir
  13. Quando ví a capa de Tempest pela 1ª vez , sem saber sobre o que era , pensei que era sobre anjos caídos ou alguma coisa do gênero , daí li a sua resenha e fiquei SUPER curiosa ,pois nunca li nenhum livro sobre viagem no tempo ...
    Por enquanto estou lendo(e amando) a série Airhead da Meg Cabot , mas quando acabar , sem dúvida, Tempest vai ser o próximo livro que vou ler;

    ResponderExcluir
  14. O tema desse livro já chamou muito a minha atenção. Eu nunca havia ouvido falar sobre livros com temática viagem no tempo. Isso é novo é interessante. E eu adorei o jeito que a autora empregou isso nos personagens e em todo o enredo, quero dizer, percebemos que viajar no tempo é uma característica importante não o foco é mais a história de Jackson. Adoraria ler (:

    ResponderExcluir
  15. Deu vontade de ler!!! De verdade... e já pouco viciada q sou!...

    ResponderExcluir
  16. Olá, primeiramente eu adorei a resenha, que me deixou mais curiosa em ler o livro. É a primeira vez que ouço falar desse livro, e quem sabe eu não compre ele. Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. Como de costume, a resenha foi otima adorei demais, e quero muito ler esse livro, logo, quero muito ganhar a promoção. Esperando o reseultado ansiosamente. Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Eu já tinha ouvindo falar do livro mas não me interessou. Mas quando li a resenha fiquei doida!! Eu quero muuuuito ler esse livro!

    ResponderExcluir
  19. Eu já tinha visto esse livro na livraria e não me interessei. Mas quando eu li essa resenha, eu me apaixonei completamente! Esse negócio de voltar ao tempo é inusitado e diferente.

    ResponderExcluir
  20. AI MEU DEUS!! Faz um tempinho que estou afastada das livrarias, então estou meio por fora das novidades. E esse livro conseguiu me cativar *-* também sou MALUCA por sci-fi, viagens no tempo, realidades alternativas e tudo o mais... e serinho, agora quero MUITO esse livro. Já está na minha wishlist e, assim que tiver tempo, vou atrás. Leio e depois comento aqui o que achei =)

    ResponderExcluir
  21. Me fez pensar em 'Efeito Borboleta' ... hahah
    Eu nunca li nada sobre isso, apesar de em filmes ser bem comum, nos livros dificilmente encontramos algo assim. Deve ser uma leitura maravilhosa mesmo. A capa me faz lembrar a Saga Hush Hush *-*

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Eu compreeu ele na saraiva! td mundo fala mto bem! mas eu ainda não li!
    adoooro historias sobre viagem no tempo e afins!

    ResponderExcluir
  23. Ele tava na minha lista de presente, mas nenhum mão de vaca me deu. Eu realmente estou doido com ele. A história dele é bacana e a sua resenha só aumentou minha vontade de ler.
    Abs. @pokos_

    ResponderExcluir
  24. Essa é a primeira resenha do seu blog que eu leio e comento, conheci o seu blog hj e ao ler a sua resenha desse livro eu já estou adorando, vc escreve muitíssimo bem, o livro me pareceu bem interessante e a história um tanto intrigante e bem escrita, espero lê-lo em breve, pois ao ler a sua resenha sobre ele, esse livro ganhou um lugarzinho na minha lista de leituras futuras.

    Parabéns pelo lindo blog, pela resenha ótima.

    ResponderExcluir
  25. Já estava com vontade de ler. Acho que a minha próxima compra vai ter ele incluso!

    ResponderExcluir
  26. Fui numa livraria e cheguei a pegar esse livro na mão, pois a capa já me atraiu muito, mas deixei ele de lado... Me arrependi. =(
    Fiquei curiosíssima pra ler, muito mesmo! Deve ser simplesmente incrível.

    Parabéns pelo blog, lindo!
    Beijinho =)

    ResponderExcluir
  27. gostei bastante da sua resenha,muito interessante. Fiquei interessada no livro,haha. Parabéns.

    ResponderExcluir
  28. Eu quero! Adorei a resenha, como sempre!

    ResponderExcluir
  29. lindo o livro !! apaixonada com ele

    ResponderExcluir
  30. Que resenha linda e diferente. Gostei muito da sua escrita. Me animei muito em ler outras resenhas suas, embora elas sejam grandes, assim como no livro da Julie Cross eu não consegui largar até chegar ao final. E como assim você tentou ler o final pra descobrir logo? hahahaha é frenético a esse ponto? Eu já queria muito comprar esse livro por causa da capa, desde quando o livro foi lançado nos EUA e nem tinha previsão pro Brasil, mas depois de ler a sua resenha eu estou me coçando pra comprar ele (:

    ResponderExcluir
  31. Resenha completamente maravilhosa! Adoro sua resenhas, apesar de grandes, elas detalham os livros na medida certa! Parabéns! Estou participando da promoção!
    Bjs
    Se quiser dar uma olhadinha no meu blog:exercitesuamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. sua resenha me deixou muito empolgada, quero ler este em breve!

    ResponderExcluir
  33. Ótima resenha, você sabe como se expressar,
    Depois desta resenha eu quero muito esse livro

    ResponderExcluir
  34. Já ouvi falar muito desse livro e agora estou muito mais interessado em ler ;)

    Beijos,
    http://a-song-of-fire.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Um lugar para se discutir sobre a literatura conhecida como Chick–Lit. Romances, leves, divertidos e charmosos, que são o retrato da mulher moderna,inteligente e audaciosa. Resenhas e entrevistas exclusivas!


Regras
- Comentários Anônimos não serão publicados nem respondidos.
- Não faça propaganda de blogs/sites nos comentários.
- Não peça parcerias pelos comentários, use o Formulário.
- Comentários ofensivos e preconceituosos não serão aceitos.
- Respostas sempre nos próprios comentários.

Os comentários dos leitores não refletem a opinião da autora do blog, e são de responsabilidade exclusiva dos mesmos.